Aplicativos

Veja os benefícios disponíveis pelo aplicativo Carteira de Identidade Digital – DNI

Publicidade

Primeiramente, podemos notar que nossas carteiras são frequentemente carregadas de papéis, incluindo RG, CPF, título de eleitor, carteira de habilitação, etc, não é verdade?

Nesse sentido, ao perdê-los pode causar grandes dores de cabeça, por isso uma das maiores formas de amenizar esse problema é através do uso da identidades digital.

Como resultado, você pode acessar seus documentos mais importantes em seu smartphone da mesma forma que pode acessar as redes sociais, conversar, ocupar-se e, em algumas circunstâncias, até trabalhar.

Publicidade

É verdade, que a maioria dos brasileiros usa smartphones em praticamente todos os aspectos da vida diária e para uma ampla variedade de propósitos.

Conheça todos os benefícios oferecidos pelo aplicativo Carteira de Identidade Digital

Benefícios do aplicativo Carteira de Identidade Digital - DNI
(Imagem: Google / Istockphotos)

Portanto, para uma grande parcela da população, um documento que possa ser visualizado por esse aplicativo Carteira de Identidade Digital é uma novidade bem-vinda.

Sendo assim, para economizar tempo e facilitar o seu dia a dia, o Documento Nacional de Identidade (DNI) funciona como um documento de identificação emitido e usado por meio de smartphones e tablets.

Em outras palavras, vemos que todos os brasileiros que possuem esses dispositivos em breve poderão acessar essa novidade, de maneira prática e muito rápida.

Publicidade

Dessa forma, aqui você vai saber mais sobre o que é a identidade digital, os benefícios dessa ideia, as vantagens que ela pode ter para o seu negócio, como implementá-la, qual aplicativo baixar e outros detalhes.

Saiba mais sobre o que é a identidade digital e suas utilidades

De antemão, esse documento de identidade com uma versão digital é conhecido como Documento de Identidade Digital (DNI).

Por outro lado, a ideia vem para facilitar a vida dos cidadãos, esta versão digital se encarrega de reunir diversos outros documentos em um só local.

Assim, cada cidadão pode acessar diretamente o RG, o Cadastro de Pessoa Física (CPF), suas certidões de nascimento, casamento e título de eleitor pelo smartphone, sem burocracia, usando o aplicativo Carteira de Identidade Digital.

A princípio, vem para substituir as versões impressas de todos esses documentos, a pessoa que possui o DNI poderá enviar esse documento digital em seu smartphone ou tablet dessa forma.

Publicidade

Com isso, não será essencial carregar esses documentos o tempo todo, aumentando a segurança do cidadão e facilitando o dia a dia.

No entanto, as identidades impressas, ainda serão utilizáveis ​​e válidas e não serão substituídas pelas digitais. O objetivo principal é reunir todos em um local para simplificar a exibição dos documentos.

Essas inovações, são parte do programa Identidade Civil Nacional (ICN), foi instituído pela Lei nº 13.444, de 2017, e tem como objetivo implantar gradativamente um sistema nacional integrado de identificação do cidadão.

Como uma pessoa pode agora ter muitos documentos, dependendo do seu estado, a Identidade Digital utilizará o CPF do cidadão como número único de identificação neste procedimento, integrando-o e simplificando-o.

O método atual, com tantos papéis torna mais complexo a identificação do cidadão e adiciona muitos dados ao sistema.

Quando estará em pleno funcionamento esse processo da identidade digital?

Para funcionários de entidades governamentais, a transição para a identidade digital começou em março deste ano.

Até fevereiro de 2023, todos os 50 estados deverão adotar essa Identidade Digital, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Estados como São Paulo e Minas Gerais já aceitaram a técnica.

Como resultado, com o sistema sendo implementado gradativamente, é possível encontrar defeitos, avançar na tecnologia e colocar essas mudanças em prática durante o processo de adaptação.

A ideia é que, no futuro, a Identidades Digital possa substituir totalmente suas contrapartes físicas, tornando-as a forma mais útil de armazenamento de documentos.

Sobretudo, pode ser aplicado em qualquer circunstância em que a identificação seja necessária.

Para evitar casos de fraude ou fabricação de documentos, a versão digital somente será aprovada por meio dos requerimentos originais do governo e órgãos governamentais, divulgados por eles.

Do mesmo modo, o uso de um aplicativo de Identidade Digital emitido por orgãos oficiais do governo, deve ser aceito em qualquer ambiente ou circunstância.

Nesse sentido, tanto aqueles que exijam identificação ou comprovação de cidadania, incluindo embarque e desembarque em voos internacionais.

Todavia, a única exceção é se o documento físico do cidadão for expressamente solicitado pelo ambiente ou circunstância, caso em que o documento digital pode não ser aceito no momento.

Espera-se, no entanto, que a Identidade Digital seja totalmente aceita em território brasileiro.

Saiba o que pode ser possível visualizar na nova identidade digital

A iniciativa da Identidade Digital (DNI), propõe compilar todos os documentos de identificação de um cidadão em um único local e em formato digital.

Isso poderá conter documentos significativos como:

  • Registro Geral (RG);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Título de eleitor.

Além disso, detalhes adicionais cruciais como o tipo sanguíneo do cidadão, a existência de alergias graves e se ele é ou não um doador de órgãos devem ser incluídos no documento digital.

Assim, uma pequena porcentagem de pessoas mantém essas informações e documentos físicos em suas carteiras, mas mesmo eles são poucos em número.

A inclusão dessa informação na carteira de identidade do cidadão, então, pode ser bastante benéfica para o auxílio emergencial e atendimento médico.

Identidade digital no Brasil

Este ano, a identidade digital se torna uma realidade no Brasil. Cada pessoa da nação agora terá um número de identidade de acordo com um decreto que o presidente da república assinou em fevereiro.

Será utilizado o número do Cadastro de Pessoa Física, ou CPF. Esta medida foi implementada para facilitar a vida quotidiana dos cidadãos e aumentar a segurança.

Afinal, a Identidade Digital deverá tornar a perda de documentos menos prevalente, o que atualmente é uma verdadeira dor de cabeça para o cidadão.

Além disso, outra vantagem crucial é que todos os documentos podem ser facilmente acessados sem exigir o transporte constante de cada documento real.

Os institutos nacionais têm até 6 de março de 2023 para fazer os ajustes necessários ao decreto após sua entrada em vigor em 1º de março deste ano.

Saiba como emitir a nova carteira de identidade digital?

Primeiramente, quem já realizou o cadastro biométrico na Justiça Eleitoral pode solicitar a nova Carteira de Identidade Digital.

Assim, o Bilhete de Identidade já pode ser solicitado em consequência da inserção dos dados na Base Nacional de Identificação Civil.

Em seguida, deve ser instalado o aplicativo de Documento Nacional de Identidade (DNI) e preenchido um formulário de registro.

O que é necessário para criar uma identidade digital?

A nova Identidade Digital só pode ser emitida com determinados documentos. Consulte a lista de documentação necessária:

  • CPF;
  • nome completo;
  • filiação;
  • data de nascimento;
  • endereço de e-mail;
  • número do telefone e senha de sua escolha.

Perguntas frequentes a respeido da Identidade Digital

A seguir, confira algumas perguntas frequentes sobre a nova identidade digital, incluindo como obtê-la em um celular, quais aplicativos usar para ela e como visualizá-la. Confira!

Como posso baixar o aplicativo Carteira de Identidade Digital no meu smartphone?

Basta acessar a loja de aplicativos para seu smartphone, a Play Store para dispositivos Android ou a App Store para dispositivos iOS, para baixar seu ID.

Você pode ver mais detalhes sobre o aplicativo e baixá-lo em seu dispositivo pesquisando na loja de aplicativos o nome do aplicativo que corresponde ao seu estado.

Qual app da Identidade Digital?

Atualmente, vários estados, incluindo São Paulo, Paraíba e Goiás, estão testando os aplicativos:

  • RG Digital SP (Android / iOS);
  • RG Digital Paraíba (Android / iOS);
  • RG Digital GO (Android / iOS).

No entanto, pode valer a pena verificar na loja de aplicativos do seu dispositivo o software específico do estado para ver se já é possível fazer o download.

Como ver meu RG Digital?

  1. Inicialmente você deve baixar o aplicativo RG Digital do seu estado em seu dispositivo móvel;
  2. Você deve ter seus documentos físicos em mãos para a segunda etapa, que é acessar o aplicativo e se cadastrar;
  3. Basta verificar todas as informações de segurança neste momento e esperar que seu ID apareça;
  4. Pronto! Agora você pode simplesmente acessar sua identidade digital através de seu smartphone.

Conclusão final

Agora você tem uma compreensão completa da nova Identidade Digital, bem como dos benefícios que as pessoas podem usufruir diariamente através desse importante documento.

Finalmente, acesse nossa categoria de aplicativos, para baixar e usar outros apps que podem ser muito úteis ao seu dia a dia!

Publicidade

Relacionados