Início Ji-Paraná Serviço informatizado pela CDL de Ji-Paraná ajuda na busca de documentos perdidos

Serviço informatizado pela CDL de Ji-Paraná ajuda na busca de documentos perdidos

Serviço informatizado pela CDL de Ji-Paraná ajuda na busca de documentos perdidos
Serviço informatizado pela CDL de Ji-Paraná ajuda na busca de documentos perdidos

Quem perdeu algum documento pessoal, por exemplo o RG (carteira de identidade), CPF, título de eleitor inclusive até a carteira de trabalho, deve fazer o procedimento de consulta no site da CDL, antes de solicitar uma emissão de segunda via.

Os usuários podem efetuar a consulta por meio do site da CDL – www.cdljipa.com.br onde deverá proceder com a pesquisa, colocando os números do documento.

Para isso deve preencher com o seu nome, obtendo imediatamente os resultados que podem apresentar se já esteja cadastrado na plataforma online. Tudo isso faz parte das melhorias que a CDL de Ji-Paraná implantou, afim de garantir mais qualidade na prestação do serviço de “Perdidos e Achados”, sendo em época de pandemia a informatização uma ótima aliada.

E não para por ai, uma vez que o serviço se expande para aqueles que muitas vezes encontram documentos perdidos, sendo a maioria dos casos em que muitos não sabem onde depositar.

“A CDL passa a partir desse momento, em se tornar uma verdadeira referência para o cidadão entregar ou encontrar estes documentos. O objetivo seria de centralizar este serviço de buscas na entidade, em que toda a população ao necessitar, possa nos procurar”, concluiu Nayara Trindade, administradora da CDL.

A implementação desse serviço vai ajudar os titulares a encontrarem documentos perdidos, como também contirbui na busca de minimizar as fraudes, já que é muito comum esta prática.

Todos esses documentos que são entregues no balcão da CDL, passam a ser protocolados dentro da plataforma, em seguida há uma equipe que utiliza todos os meios, através do banco de dados, localizando o titular.

Se por acaso não for encontrado, esse documento em um prazo estimado de 90 dias será encaminhado para o órgão responsável, que seria uma delegacia na qual tem o descarte correto. A CDL seguirá todos os protocolos de entrada e saída para o controle de fluxo desses documentos.

A ideia seria de cumprir com o papel de utilidade pública, em que o “perdidos e achados” da CDL deve alcançar uma ampla divulgação com a ajuda de cada cidadão, afim de que a informação chegue ao máximo de pessoas e todos possam contribuir com este projeto.

Divulgar no famoso boca em boca é muito importante. Pedimos que todos falem do serviço para os parentes e amigos, bem como colegas de trabalho. Dessa maneira iremos conseguir difundir mais o projeto, com isso torna-lo cada vez mais popular. Sabemos que a pessoa ao perder seu documento, sofre muitos transtornos, até localizar ou emitir uma segunda vida” frisou Edineia Oliveira, coordenadora da recepção CDL.

Fonte: https://mixrondonia.com/ com informações da CDL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui