domingo, agosto 7, 2022
HomeDestaquesLíder indígena Almir Suruí pode ter inquérito arquivado em Rondônia

Líder indígena Almir Suruí pode ter inquérito arquivado em Rondônia

Na tarde desta quinta-feira (06), a Assessoria de Comunicação da Polícia Federal de Rondônia anunciou que a instituição havia solicitado o ajuizamento de inquérito aberto contra o cacique indígena rondônia, Almir Suruí. O procedimento policial seria baseado na presunção de que ele se opôs ao governo do presidente Jair Bolsonaro. (Foto cortesia de Kanindé)

A indagação foi divulgada pela instituição, com recomendação de arquivamento. Essa decisão, entretanto, deve ser proferida pelo juiz mediante manifestação do Ministério Público. O procedimento é classificado como “avisado com pedido de arquivamento”, segundo a PF.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) pediu que Almir Suruí fosse processado por suspeita de calúnia contra o órgão de segurança indígena, perpetrada por integrantes da associação Suruí Metareilá, chefiada por Almir.

Após ser intimado, ele prestou depoimento à PF na semana passada, declarando que acabava de dizer que o governo de Jair Bolsonaro não considera a questão indígena de maneira respeitosa. Almir viu a situação atual como uma espécie de ameaça do governo federal.

Fonte: Mixrondonia com informações do Rondoniaovivo

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 + dezessete =

Most Popular