Comemoração de aniversário repercute de forma negativa em todo o Estado de Rondônia em meio a quarentena

0

A comemoração do aniversário de uma importante pessoa da secretaria municipal de Educação continua repercutindo de forma negativa em todo o Estado através de sites e portais de notícias.

O G1 – Rondônia, pertencente à Rede Amazônica, afiliada da Globo em vários estados da região norte fez uma ampla cobertura do caso com direito a uma participação ao vivo direto do município de Jaru no último sábado (09), conforme pode ser conferido no link: https:

Servidores fazem festa dentro da Secretaria de Educação durante quarentena em Jaru, RO

 

O caso, classificado como uma “festa” por veículos de comunicação, ocorreu, possivelmente, na tarde de quinta-feira (07) já que as fotos vazaram nas redes sociais durante a sexta-feira (08) e chamaram a atenção de muita gente, sendo necessário uma manifestação pública do prefeito de Jaru, João Gonçalves Júnior que confirmou a ocorrência da comemoração e disse que iria tomar as providências necessárias para que a situação não se repita. Confira no link

Servidores são notificados e suspensos temporariamente por descumprirem decreto de distanciamento social

 

A decisão da administração municipal sobre o assunto.

Foto: Whatasapp/Divulgação

 

A prefeitura de Jaru suspendeu temporariamente todos os envolvidos no episódio e notificou a cada um deles devido a proibição de aglomerações e, conforme constatado pelas fotos que foram publicadas em redes sociais, havia mais de uma dúzia de pessoas da educação municipal e de outra secretaria, também da Prefeitura.

Portal P1 apurou que além de agirem de forma incorreta devido à pandemia do coronavírus, os servidores municipais também teriam desobedecido a outra determinação da Prefeitura. Em 04 de dezembro de 2019, o município de Jaru, através da Comunicação Interna (CI) nº 791/2019, assinada pelo Secretário Municipal de Relações Institucionais e Articulação Política, Grécio Benedito da Silva e pelo Secretário Municipal de Gabinete, João Paulo Montenegro de Souza, proibiu de forma clara a realização de comemorações em ambiente de trabalho. O documento inclui em suas proibições: aniversários, despedidas e qualquer outra espécie de comemoração nas repartições da administração municipal. Entretanto, a Comunicação Interna, não aponta qual seria o tipo de providência para quem não agir em conformidade com a determinação.

Jornal Eletrônico PortalP1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here