Aulas na rede de ensino estadual e municipal então suspensas por causa do corona vírus, em Presidente Médici-RO

A determinação da suspensão das aulas por 15 dias nas redes municipais, segue a medida implantada pelo Governo do Estado.

0

Rede Ensino Municipal

A prefeitura municipal de Presidente Médici determinou a suspensão das aulas da rede municipal de ensino por 15 dias a partir do dia 17/03/2020, seguindo a medida implantada pelo Governo do Estado com as escolas estaduais, visando assegurar a não propagação do Corona Vírus (Covid-19).

Segue abaixo o ofício circular com a determinação assinada pelo prefeito Edilson Alencar.

SUSPENSÃO DAS AULAS COVI 19

 

Rede de Ensino Estadual

O governo de Rondônia anunciou que as aulas da rede pública no estado ficarão suspensas inicialmente por 15 dias, a partir de terça-feira (17) podendo ser suspensas por mais 15. A medida faz parte do plano de contingenciamento contra o coronavírus. O estado ainda não tem nenhum caso confirmado para Covid-19.

O decreto da suspensão das aulas deve ser publicado pelo governo entre esta segunda-feira e terça-feira (17).

Segundo o secretário de Educação, Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, a determinação para suspensão das aulas vale para faculdades, creches e escolas privadas.

“O decreto será de 30 dias, mas nos 15 dias iniciais nós vamos estudar a situação do estado. Se tiver melhorado a questão de Covid-19 em 15 dias, nós retornamos com as aulas. Se não, ficará parado com 30 dias”, diz Suammy.

segundo a Secretaria Estadual de Saúde. No fim de semana, o governador Marcos Rocha se reuniu com a equipe do governo para elaborar um decreto com direcionamentos protetivos.

Onde procurar ajuda?

O secretário estadual de saúde, Fernando Máximo recomendou que a população priorize o isolamento. Apresentando os sintomas de coronavírus o correto é ligar para o Disk Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que atende em todo estado pelo 0800 642 5398. Em Porto Velho também está disponível a linha 0800 647 1010.

Rondônia tem 24 casos suspeitos, sendo 13 em Porto Velho, oito em Ariquemes, um em Ji-Paraná e dois em Vilhena. Entre os casos suspeitos estão pessoas de 20 a 50 anos e apenas uma criança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here