Defensores dos animais de Presidente Médici realizam reunião para que seja criado órgão de defesa animal

Uma iniciativa que surgiu a dois anos entre um grupo de amigos, tem caminhos traçados pra se tornar uma realidade.

0
A presença dos amantes dos animais domésticos deixa claro que o grupo esta fortalecendo. Fotos: Joelson Tonete

Há dois anos, um grupo de amigos se reúne para realizar uma ação de carinho sem precedentes: salvar a vida dos animais de rua, como cães e gatos abandonados ou vítimas de maus tratos. De início, a atividade tímida se resumia a auxiliar um grupo pequeno de animais, mas devido o aumento da demanda de pedidos principalmente de cachorros abandonados, se tornou mais que necessário criar uma organização que possa cuidar desses animais que são abandonados, mau tratados ou vítimas dos mais diversos tipos de acidentes.

Com a difusão da iniciativa, um grupo de whatsapp foi criado para que pessoas que gostassem de animais, ficassem a par do que estava acontecendo com os pequenos e com isso começaram os pedidos de adoções, de ajuda para resgate de maus tratos, tendo situações de muitos cachorros abandonados nas imediações do Parque de Exposições Rural do Município que foi um ponto crucial para que fosse tomada a decisão de se unir de fato , e fosse realizada uma primeira reunião para a discussão de diretrizes práticas para um auxílio mais amplo desses animais. O evento aconteceu na noite de ontem, no Centro Cultural, e reuniu mais de 50 pessoas dois mais diferentes setores da sociedade. A atenção ficou por conta dos jovens que, imediatamente, compraram a ideia e se mostraram animados com a possibilidade de integrar o movimento.

Na reunião foram abordados vários tópicos visando o auxilio aos animais, principalmente a construção de um abrigo para eles, devido ao fato de na maioria das vezes esses animais chegarem machucados ou doentes a sim a necessidade de um lar digno para abrigá-los e estarem sendo hospedados nas casas dos poucos “cuidadores” que podem contar para esse fim atualmente.

A reunião contou com a presença de alguns precursores da causa, como Andreza de Sá, Dra. Marcia Helena Pereira, Viviane Ermelino, Pollyane Rodrigues, Mariana Patrício, Dr. Sergio Henrique Luiz, Milca Assis e também pessoas que estão somando com a movimento, como Advogado Dr. Valter Carneiro, o secretário de Governo do município, Wilson Guedes; Dra. Rosane Pereira Lima, presidente de uma ONG em prol aos animais no município de Ji-Paraná, juntamente com seu esposo Francisco Cruz, entre outros.

A reunião que fui muito proveitosa, principalmente por haver já traçado novas diretrizes para os novos passos de formalização da organização, principalmente e buscar meios de abrigo dos animais, ração, medicamento e gastos veterinários, com necessidade abrir uma conta bancária para facilitar as ajudas a chegarem para juntar fundo.

No ato foi nomeado quatro pessoas para fazer a frente da causa como diretoria provisória, responsáveis pelos contatos iniciais com a administração pública e iniciativa privada, traçar metas e criar meios de levantamento junto com entidades para uma próxima reunião, onde será discutida qual modalidade vai ser feitada organização, ou ONG, Associação ou entidade com parceria com o poder público e privado.

Os nomeados para o início da caminhada foram: Viviane Ermelino, Milca Assis, Andreza de Sá e Joelson Tonete, com vários outros apoios tanto jurídico como social.

Já de imediato foi marcada uma reunião com o Prefeito Edilson Alencar, para que sejam discutidas formas de uma parceria com o Poder Público. “ O mais bacana desse encontro foi ver tantos representantes dos mais diversos setores da sociedade envolvidos nesse movimento, totalmente apolítico mas que precisa ser abraçado por todos: sejam os poderes instituídos como os comércios, profissionais liberais, enfim toda a comunidade em seus mais diversos nichos. Essa questão é um problema social que existe em todas as cidades e se controlarmos de imediato não veremos tantas atrocidades como se observam nas redes sociais”, disse o secretario do Governo, Wilson Guedes.

Jornal Eletrônico Mix Rondônia / Por Joelson Tonete

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here