Prefeito troca de partido, mas não renuncia. Decisão mexe com bastidores da política em Ariquemes

0

Os últimos dias de prazo para os pretensos candidatos nas próximas eleições escolherem suas legendas partidárias foram movimentadíssimos e mexeu com os bastidores da política em todo o Estado de Rondônia.

Em Ariquemes, uma das cidades mais importantes do Estado, o prefeito Thiago Flores deixou o MDB e aportou no PSL causando um grande alvoroço sobre a possibilidade de renúncia para concorrer às eleições em 2018, chegando-se a cogitar até mesmo uma possível candidatura ao cargo de governador.

Tendo trocado de partido o prefeito Thiago Flores causou grande expectativa para o seu vice, quanto a possibilidade de assumir a prefeitura. Um site ligado a família Follador chegou a anunciar que Flores deveria renunciar ao cargo por infidelidade partidária.

Fontes ligadas ao prefeito afirmam que ele não pretende deixar o cargo e é sabido que sua migração de sigla não irá interferir no seu mandato, uma vez que a infidelidade partidária não alcança prefeitos, governadores, senadores e presidentes da República, pois são cargos eleitos por voto direto.

Contrariando muitas expectativas, Flores continua à frente da terceira maior cidade do Estado de Rondônia e em apenas 14 meses de mandato já mostrou muito trabalho e, como prefeito, ainda tem muito a contribuir para o desenvolvimento de Ariquemes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here