Em Cacoal pecuarista tem prejuízo de R$ 130 mil com mortes de gado provocada por raio

0

O raio que caiu em uma fazenda na zona rural de Cacoal matou 103 cabeças de gado nelore, no momento do ocorrido os animais estavam debaixo de uma árvore. O incidente ocorreu na noite de segunda (12) depois de uma forte chuva, mas o pecuarista só percebeu as mortes na terça. Prejuízo estimado é de cerca de 130 mil reais.

O pecuarista Paulo Elifas conta que estava na fazenda quando o raio caiu, mas só tomou conhecimento das mortes no outro dia. Há 40 anos trabalhando no ramo essa foi a primeira vez que um raio atingi o rebanho.

“Na manhã de terça-feira o capataz da fazenda viu o gado em baixo da árvore, mas pensou que os animais ainda estavam dormindo. A morte do rebanho foi percebida por uma pessoa que passada na estrada e observou que os animais não se mexiam e nos comunicou. Foi uma coisa lastimável e um prejuízo muito grande de cerca de R$ 130 mil”, disse Paulo.

A Idaron foi comunicada sobre o ocorrido e esteve no local para atestar a causa da morte dos animais. Esse procedimento é importante para evitar problemas futuros ao pecuarista na hora de declarar o rebanho. O produtor que passar por alguma situação semelhante deve procurar a agência para comunicar o fato. Em Cacoal o órgão funciona de segunda a sexta-feira das 7h30 às 13h30.

COMENTÁRIOS PELO FACEBOOK


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here