Foragido da Justiça de RO é preso na Bolívia e entregue à PF em Guajará-Mirim

Suspeito tinha mandado de prisão expedido desde 2016. Homem foi detido pela FELCC e entregue à PF de Guajará-Mirim.

0

Um homem de 43 anos, que estava foragido da Justiça Brasileira desde maio de 2016, foi preso na última sexta-feira (18) na cidade boliviana de Guayaramerín por policiais da Fuerza Especial de Lucha Contra El Crime (FELCC-Bolívia). Em seguida, ele foi entregue para a Polícia Federal (PF) no Porto Oficial de Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros da capital Porto Velho.

De acordo com a PF, a prisão foi feita após o pedido da polícia de Guajará-Mirim para que a polícia boliviana colaborasse nas investigações sobre o paradeiro do homem. Ele estava com um mandado de prisão em aberto desde o ano passado por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas na fronteira com o país vizinho.

Diante das informações repassadas pela polícia brasileira, os agentes da FELCC iniciaram as investigações e conseguiram prender o homem enquanto ele andava pelas ruas de Guayaramerín. Depois de receber voz de prisão, o suspeito foi deportado para o Porto Oficial de Guajará-Mirim acompanhado de um advogado.

No porto, os policiais já aguardavam o homem que foi trazido pelo comandante da FELCC. Em seguida, ele foi levado para a Delegacia de Polícia Federal, onde o mandado de prisão preventiva foi devidamente cumprido.

Segundo a PF, a comarca de Guajará-Mirim expediu o mandado de prisão em maio de 2016, porém o homem conseguiu fugir do cerco policial ao ver a chegada das viaturas pelas câmeras de segurança de sua residência, desde então estava se escondendo na Bolívia.

Depois de prestar depoimento e fazer o exame de corpo de delito, o suspeito foi encaminhado para o presídio masculino e está a disposição do Poder Judiciário.

COMENTÁRIOS PELO FACEBOOK


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here